Comemorações dos 90 anos do HAOC seguem com doação da MANN+HUMMEL
29/06/2023
Programação Festival de Inverno Indaiatuba
14/07/2023
Mostre tudo

Cirurgião vascular do HAOC apresenta trabalho em congresso internacional

 

 

Dr. André Cancela participou do Leipzig Interventional Course (LINC), na Alemanha, um dos principais simpósios na área de intervenções vasculares periféricas

O médico vascular e coordenador do serviço de cirurgia vascular e endovascular do Hospital Augusto de Oliveira Camargo (HAOC), Dr. André Mancilha Cancela, apresentou no Leipzig Interventional Course (LINC), realizado em Leipzig, Alemanha, os resultados obtidos através de procedimento cirúrgico para tratar o anel vascular associado a divertículo de Kommerell. O LINC reúne especialistas em cirurgia vascular, cardiologia intervencionista, radiologia intervencionista e outras disciplinas relacionadas. Durante o evento, são apresentadas e discutidas técnicas de tratamento inovadoras, dispositivos médicos avançados, pesquisas recentes e estudos clínicos relevantes.
Em seu painel, Dr. Cancela abordou dois casos de pacientes com 51 e 55 anos, que apresentavam disfagia (dificuldade para engolir alimentos ou líquidos) progressiva e perda de peso. O diagnóstico foi feito durante investigação por angiotomografia. Esses pacientes foram tratados por abordagem híbrida (cirúrgica e endovascular), excluindo a artéria subclávia, obtendo a redução da compressão do esôfago. “Esta pode ser a primeira opção para o tratamento, deixando a toracotomia e a ressecção da artéria apenas em casos de insucesso desta tentativa”, explica.
O Anel Vascular Associado a Divertículo de Kommerell é uma condição pouco frequente (abaixo de 1% da população) que afeta a estrutura dos vasos sanguíneos do coração e dos pulmões. Essa condição é uma variação anatômica que acontece durante a formação embrionária e ocorre quando há uma configuração anômala dos vasos sanguíneos que estão conectados ao divertículo. Em vez de uma configuração normal, onde a artéria subclávia esquerda se conecta à aorta (a principal artéria do corpo), pode haver uma configuração em forma de anel, na qual a artéria subclávia esquerda está conectada à aorta através da artéria direita. Isso cria um anel vascular ao redor da traqueia e do esôfago, provocando dificuldade em engolir, dor no peito, rouquidão ou dificuldade em respirar, especialmente durante o exercício. Em alguns casos, o anel vascular pode comprimir a traqueia ou o esôfago, causando obstrução e problemas respiratórios e alimentares.
“O LINC é um dos maiores congressos do mundo em cirurgia vascular, realizado em Leipzig na Alemanha, e conta com a presença de cirurgiões vasculares de todo o mundo. Participar de um congresso como esse traz uma experiência fantástica, em poder “beber da fonte” dos conhecimentos mais atuais em cirurgia vascular, além de temas relacionados à inovação, que mostram tendências tecnológicas relacionados a especialidade. Nesse universo, além de participar, também pude apresentar um trabalho em plenária, levando o nome de Indaiatuba e do HAOC ao mais alto nível de nossa especialidade”, avalia. A apresentação dos estudos clínicos e cirúrgicos realizado por Dr. Cancela teve a colaboração dos médicos Natália Galvão, Bruno Ferrari, Maria Helena Costa de Almeida, Guilherme Vieira Meirelles e Maurício Rocco.
Dr. André Cancela é formado pelo Centro Universitário Serra dos Órgãos, Faculdade de Medicina de Teresópolis-RJ (2004). Residência médica em Cirurgia-Geral, no Hospital Universitário São Francisco Husf, Bragança Paulista – SP (2006/2007), residência médica em Cirurgia Vascular pela Pontifica Universidade Católica de Campinas (2008/2009), e Fellowship no Serviço de Cirurgia Vascular e Endovascular Hospital Henri Mondor – Paris, França (2010). Reside em Indaiatuba/SP desde 2011, onde foi pioneiro na realização de tratamentos endovasculares de alta complexidade. Atualmente, é Coordenador do Serviço de Cirurgia Vascular e Endovascular e Docente no curso de Medicina da Unimax, Grupo Unieduk.